Macaé realiza seminário para discutir uso medicinal da cannabis

Há tempos que o uso medicinal de produtos à base de maconha vem sendo discutido no Brasil. Com a regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as questões sobre os benefícios, critérios e utilização ganharam mais força e a necessidade de esclarecimento também. E é com esse objetivo que a Prefeitura de Macaé, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com a Associação Brasileira para Cannabis (ABRA Cannabis), realizará o 1º Seminário sobre a Cannabis Medicinal em Macaé, nos dias 14 e 15 de março. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail: saudecannabicamacae@gmail.com.

Os encontros serão realizados no Centro de Convenções Roberto Marinho, Rodovia Amaral Peixoto, km 181, São José do Barreto, de 9h às 17h. O evento será aberto ao público em geral, desde pacientes a profissionais da área de saúde. Os aspectos jurídicos e fisiológicos do uso medicinal da cannabis serão abordados por especialistas, além da oportunidade de mesa de debates.

Para o representante da ABRA Cannabis, Vinicius Pereira, discutir e ampliar a abordagem do assunto é fundamental para que mais pessoas possam usufruir dos benefícios medicinais do extrato da cannabis. “Encontros como esse que será realizado em Macaé estão sendo feitos em todo o Brasil a fim de que mais pessoas possam conhecer e serem beneficiadas, ganhando mais saúde e qualidade de vida”, afirmou.

Denise Mello está à frente da organização Rede do Bem, que está sendo criada em Macaé. Ela é mãe de Gabriela, 4 anos, que nasceu com microcefalia e, atualmente, faz uso do extrato para tratar das epilepsias intracranianas que a menina sofre. “Os resultados foram impressionantes. Em apenas um mês e meio de uso, as epilepsias diminuíram em 20%. Estamos falando de algo que está trazendo mais dignidade para a vida das pessoas e que necessita ser desestigmatizado”, enfatiza.

Veja a programação do 1º Seminário sobre a Cannabis Medicinal em Macaé:

Sábado – 14 de março

8h – Início do Credenciamento
9h – Apresentação
9h15 – História da maconha e questões psicossociais – Dr. Lauro Pontes (Doutor em Psicologia pela UERJ)
10h30 – Aspectos Jurídicos – Marcela Goldschimt (Advogada Criminalista na Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas)
11h30 – Debate e Perguntas
12h – Almoço
13h – Aspectos Medicinais – Dr. Eduardo Faveret (Neurologista pediatra – Coordenador do Centro de Epilepsia do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer)
17h – Encerramento

Domingo – 15 de março

9h – Fisiologia, botânica e técnicas de cultivo – Pedro Zarur e Daniel Zarur
12h – Almoço
14h – Pragas e outras questões agrícolas – Dennys Zsolt
15h30 – Técnicas de cultivo em pequenos espaços – Bernardo Monteiro
17h – Encerramento.

Fonte: Prefeitura de Macaé
Jornalista: Juliana Carvalho
Foto: Art

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *