Centro de Saúde Jorge Caldas em Macaé realiza ações contra Tuberculose e Diabetes

O Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas realizou, na manhã desta terça-feira (14), ações para lembrar o Dia Nacional de Combate à Tuberculose e o Dia Mundial de Combate ao Diabetes. O objetivo é chamar a atenção da população sobre a prevenção e o tratamento dessas doenças.

De acordo com informações da gerente em Vigilância em Saúde, Ana Paula Dal-cin, apesar da tuberculose ter cura, de 2016 até esta terça-feira (14), foram registradas 12 mortes em decorrência da doença.

– O nosso objetivo é chamar a atenção das pessoas para que caso estejam com sintomas da doença, procurem imediatamente tratamento. A tuberculose tem cura, mas ainda mata, ressaltou.

Ela acrescentou ainda que os principais sintomas da doença são tosse há mais de três semanas, febre, emagrecimento, sudorese noturna, falta de ânimo e apetite.

A médica do Programa Municipal de Combate à Tuberculose, Denise Freitas, explica que caso a pessoa queira saber se está com a doença, basta procurar a unidade de saúde para realizar o exame de escarro e raio-x do tórax.

– Oitenta e cinco por cento dos casos da doença atingem o pulmão, no entanto, a tuberculose poderá atingir outras partes do corpo. Por ano, o programa atende de 90 a cem pacientes – informou.

O tratamento é feito por meio de medicamentos e dura em média seis meses. No entanto, a médica alerta que o paciente terá alta somente depois de realizar exames e constatar que já não há mais risco da doença.

A transmissão da tuberculose é direta, de pessoa a pessoa, portanto, a aglomeração de pessoas é o principal fator de transmissão. A pessoa com tuberculose expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotas de saliva que contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo, fazendo a contaminação.

A gerente em Vigilância em Saúde Ana Paula Dal-cin informou ainda que no dia 22 será realizada uma reunião no auditório do Centro Administrativo Luiz Osório, para discutir a forma de trato da tuberculose nas Estratégias Saúde da Família (ESFs), com o intuito de descentralizar o atendimento a esses pacientes.

Atendimento multiprofissional amplia assistência

Funcionários e pacientes que passaram pelo Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas também tiveram a oportunidade de participar de uma ação de prevenção ao diabetes.

De acordo com informações da coordenadora do Centro de Referência de Diabetes (CRD), Soraia Vilella, o objetivo foi proporcionar ações de mapeamento dos funcionários da unidade.”Eles fizeram avaliação antropométrica, nutricional, teste de glicemia e aferição de pressão arterial”, detalhou.

Soraia acrescenta ainda que os pacientes são encaminhados por médicos para o CRD, onde passam por atendimento de nutricionistas, enfermeiros, médicos, psicólogo e assistente social. “Caso seja constatada que a pessoa sofre com o diabetes, ela recebe toda a orientação necessária para o tratamento”, completa.

A técnica de enfermagem Dulce Celeste Guerra, acostumada a tratar dos pacientes com diabetes, aproveitou a ação para fazer o teste de glicemia e aferir a pressão arterial.

– Acho a iniciativa muito importante, pois muitas vezes cuidamos da saúde dos outros e esquecemos da gente. Felizmente não tenho nenhum caso de diabetes na família, disse.

O Centro de Saúde Dr. Jorge Caldas funciona na Rua Tenente Coronel Amado, Centro. Outras informações pelo telefone (22) 2762-7996.

Fonte: Prefeitura e Macaé
Jornalista: Liliane Barboza
Foto: Rui Porto Filho

Deixe um comentário