Robótica: alunos apresentarão protótipos na Brasil Offshore

Fonte: Prefeitura Municipal de Macaé
Foto: Bruno Campos
Jornalista: Joice Trindade

Os estudantes de Robótica da rede municipal irão participar da nona edição da Feira Brasil Offshore que acontece na próxima semana, entre os dias 20 e 23, no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho. Eles vão apresentar aos empresários e público da terceira maior feira de petróleo do mundo, três protótipos sobre energia sustentável. Pela primeira vez, o projeto #Inovareaprender estará na programação. A proposta é destacar trabalhos relevantes ligados à energia e sustentabilidade que são elaborados pelos estudantes.

Na oportunidade, representantes de três equipes vão destacar os projetos que são desenvolvidos nas escolas municipais Edda Moreira Daflon (Imbetiba), Natálio Salvador Antunes ( Córrego do Ouro) e no espaço LabInovar, espaço do programa #inovareaprender, que funciona na Cidade Universitária com atendimento específico aos alunos e universitários, cursos, oficinas, programação, experiências com protótipos e pesquisas.

Os estudantes apresentarão os projetos nos dias 22 e 23 no estande da Prefeitura de Macaé dentro da Feira Brasil Offshore. Os estudantes terão a oportunidade de atrair empresas que desejam investir na educação inovadora e compartilhar as experiências adquiridas nas aulas de robótica. De acordo com a responsável pela programa #inovareaprender, Luemy Ávila, a participação de alguns integrantes da robótica tem a intenção de contribuir com a ampliação do horizonte dos alunos, e sobretudo, atrair “olhares” das empresas para que os protótipos apresentados possam ser produzidos em larga escala. “O projeto dos alunos é contínuo. Não para. O aprendizado é constante e os protótipos precisam ser multiplicados”, ressalta.

Energia solar – A prevenção e a sustentabilidade são focos principais do protótipo movido a energia solar que será destacado pelos alunos da Escola Municipal Edda Daflon. O protótipo conta com um sensor que busca a eliminação das larvas do mosquito aedes aegpty e consequente proliferação do mosquito da dengue.

Biodigestão – Já os estudantes da Serra vão mostrar para o público participante e visitante da Feira Brasil OffShore o projeto “Biodigestor”. O protótipo de autoria dos alunos da Escola Municipal Natálio Salvador Antunes vai evidenciar o protótipo que mostra na produção de gás de cozinha, a partir de compostos orgânicos.

Localizador – Já o protótipo elaborado pelos representantes do laboratório do #inovareaprender conta com um localizador voltado para práticas de resgates de pessoas que atuam na área onshore e offshore.

Etapa regional – Além da Feira Brasil Offshore, os alunos de 11 escolas participantes de estações de trabalho também estão se preparando para etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica, no dia 8 de julho. A programação vai envolver 52 escolas públicas e privadas de Macaé e Rio das Ostras. Deste total, 37 unidades são da rede municipal. O evento será na Cidade Universitária, das 8h às 18h, com entrada gratuita.

Segundo o secretário de Educação, Guto Garcia, a educação de Macaé se destaca no país por participações em olimpíadas e torneios. Os participantes se dedicam ao programa#inovareaprender, com trabalhos que envolvem inovação, tecnologia e ciência.

As melhores equipes da fase regional serão classificadas para fase estadual, que vai acontecer em agosto, no Rio de Janeiro. Os selecionados desta competição vão disputar a etapa nacional no mês de outubro em Curitiba.

Fonte: Prefeitura Municipal de Macaé
Foto: Bruno Campos
Jornalista: Joice Trindade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *