Sustentabilidade: Reutilizando da obra à decoração

Conceitos de sustentabilidade

Projetar um imóvel para ser sustentável nos abre a mente para novos conceitos, principalmente em aplicar a mesma linha numa decoração, tendo como premissa a sustentabilidade.

Acredito que já se foi o tempo onde todos achavam que aplicar a sustentabilidade no ciclo de desenvolvimento seria oneroso. O custo e benefício tem sido constantemente equilibrado.

De maneira bem fácil podemos começar a aplicar estes benefícios, para nós e para a nossa sociedade, agora mesmo na nossa residência ou ambiente de trabalho.

O primeiro conceito a ser utilizado para isso é o 3 R’s (Reduzir, Reutilizar e Reciclar).

“Um caminho para a solução dos problemas relacionados com o lixo é apontado pelo Princípio dos 3R’s – Reduzir, Reutilizar e Reciclar. Fatores associados com estes princípios devem ser considerados, como o ideal de prevenção e não-geração de resíduos, somados à adoção de padrões de consumo sustentável, visando poupar os recursos naturais e conter o desperdício.” 

Sendo assim precisamos ser consumidores conscientes ao idealizar nossos projetos de arquitetura de interiores e até mesmo da decoração. Para que isso seja mais fácil resolvi por aqui ajudar a nos conscientizar como consumidores.

No geral para se construir cidades mais sustentáveis seguimos algumas normas para se projetar de maneira equilibrada, principalmente junto ao entorno, por isso precisamos respeitar as taxas de ocupação, afastamentos, permeabilidade e reuso.

Na especificação dos projetos, devemos ficar atentos aos usos dos produtos e seu retorno quanto as influencias das intempéries.

Falando do que a maioria gosta e entende: decorar humanizando seus espaços de maneira sustentável

No dia a dia, já podemos fazer muito, vamos começar considerando algumas iniciativas:

I- Evite o desperdício de alimentos;

II- Substitua os descartáveis pelos duráveis;

IV- Fique alerta para a forma de pagamento dos produtos;

V- Use os produtos durante toda a sua vida útil;

VI- Evite comprar produtos piratas e usar o comercio informal.

III- Compre produtos produzidos por artesãos ou cooperativa;

Tendo esta base, devemos repeti-las ao idealizar seu projeto de arquitetura de interiores ou até mesmo de uma simples decoração de ambiente.

Ainda que pouco comum, a decoração sustentável visa utilizar produtos de baixo impacto ambiental, sem renunciar à beleza e à qualidade dos mobiliários e peças decorativas. Implantar esse princípio é simples e pode ser feito por você mesmo, dentro da sua casa.

Segue algumas dicas:

1 – Reaproveite os tubos de PVC que sobraram das obras;

2 – Reaproveite seus sofás ou poltronas;

3 – Reaproveite as suas garrafas de vinho;

4 – Reaproveite os blocos que sobraram;

Como já passamos do meio do ano já podemos pensar na decoração de natal, que tal fazer a arvores deste ano reciclada?

Olha algumas dicas:

 

O Luxo também deve ser sustentável, saiba apenas mesclar produtos reutilizados com peças de design!

Ficou interessado e precisa tirar dúvidas? Clique aqui

Sobre a Autora:

Grasiela Mancini é Arquiteta&Urbanista, formada pela USU – RJ (Universidade Santa Úrsula) no ano de 2001 e desde a sua formação realiza projetos, proprietária da empresa GRASIELA MANCINI Projetos. Contatos pelo e-mail: grasiela@grasielamancini.com.br  – Conheça um pouco da nossa empresa, visite nossa página no Facebook, CLIQUE AQUI ou o nosso site www.grasielamancini.com.br

Profissional com certificado HORECA!

 

Livros consultados ou indicados:

E-book: Dicas de sustentabilidade no dia a dia – CLIQUE AQUI para baixar 

Sites consultados:

http://www.mma.gov.br/responsabilidade-socioambiental/producao-e-consumo-sustentavel/consumo-consciente-de-embalagem/principio-dos-3rs
http://escolhasersustentavel.blogspot.com.br/
http://theblog.theconcept.com.br/moda-e-decoracao/decoracao-sustentavel-5-dicas-para-fazer-em-sua-casa?gclid=Cj0KCQjwierMBRCHARIsAHl9i4Ha6ooiPmQ7TVryEarRszi86x1vxJTfEBlKw2NQzKB3wTsD8DlJpdIaAoPYEALw_wcB

2 comentários em “Sustentabilidade: Reutilizando da obra à decoração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *